Maysa

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se você queria aquela guria retardada do SBT, consulte Maísa.

ReaperlogoDare.gif Maysa já morreu!

Não era corredor, mas esticou as canelas!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

Meu mundo caiu....(Não Maísa você esta bêbada) Cquote1.png Tamos bêbadas Cquote2.png
Maysa e Maísa admitindo a bêbedeira
Cquote1.png As ultimas noticias que eu tenho é que Maysa fez um dueto com Cássia Eller... no inferno Cquote2.png
Morte sobre Maysa
Cquote1.png Você quis dizer: Maísa Cquote2.png
Google sobre Maysa
Cquote1.png Se você tirasse a carta agora com a nova lei que entrou em vigor em 2009, você estaria viva Cquote2.png
Ciretram sobre Maysa
Cquote1.png Você quis dizer: Maira Cquote2.png
Google sobre Maysa
Cquote1.png Eu admiro ela !!! Cquote2.png
Amy Winehouse sobre Maysa
Cquote1.png Mulher no volante, perigo cosntante Cquote2.png
Pessoa fazendo uma piadinha sem graça sobre a morte de Maysa"
Cquote1.png Mamãe querida, meu coração por ti bate, como caroço de abacate Cquote2.png
Jayme Monjardim sobre Maysa
Cquote1.png Nussa, jurava que Maisa fosse bem mais nova Cquote2.png
Carla Perez sobre Maisa
Cquote1.png Minha Xara Cquote2.png
Maísa sobre Maysa
Cquote1.png Mamãe! Cquote2.png
Amy Winehouse sobre Maysa
Cquote1.png Parabéns, você é o pai! Cquote2.png
Ratinho para Kurt Cobain sobre Maysa

Maysa Figueira Monjardim, mais conhecida como Maysa Matarazzo ou simplesmente Maysa, nasceu dia 6 de junho do ano de 19 e la vai cacetas, no Rio de Janeiro. A Globo inventou uma minissérie para ela, só pra enganar trouxas que pensaram ser uma minissérie sobre a menina monstro do SBT.

Maysa tirando sua foto para a requisição do passe escolar (1950)

Biografia[editar]

Maysa, quando criança, era muito encapetada, lembrava até mesmo aquela outra Maísa, mais conhecida como boneco de bebelô de Silvio Santos. Maysa estava dando muito trabalho para sua mãe, quando sua família não aguentou mais e mandou-a para um colégio interno com intuito de jogá-la lá e esquecê-la para sempre. No período em que Maysa estudou no colégio de freiras, ela causou muitos problemas, foi responsável por queimar o banheiro das freiras e pichar os muros do colégio.

Aos 10 anos, Maysa conheceu o uísque e o cigarro, que foram amigos dela durante toda a sua vida.

Aos 13 anos, Maysa teve que ser internada às pressas por Overdose de cigatinhos, que quase a levou à morte.

Aos 14 anos, Maysa conseguiu sair das drogas e só ficou nas bebidas e nos cigarros.

Aos 15 anos Maysa foi vítima de pedofilia, que nos anos 50 era a coisa mais normal do mundo, casando-se com o milionário André Matarazzo, que era quase 50 anos mais velho do que ela. A família de André pensou que a menina iria aplicar o golpe do baú, que de certa forma seria verdade. Se não fosse por André, Maysa nunca teria feito sucesso, pois foi o maridão que a apresentou para os executivos da gravadora Som Preso Som Livre.

Maysa viveu um lindo casamento de dois dias dois anos. Acabou se divorciando de André, porque queria cantar e o marido queria que a coitada ficasse lavando suas cuecas 24 horas por dia. Maysa atingiu o sucesso rapidamente. Sua voz era explêndida. Claro que ela não poderia ficar sem os seus pileques, porque senão a voz ficaria pior que a de uma gralha arranhada.

Sua frase mais marcante foi: "Se você não me come, eu como você". Ela disse isso para o jornalista Ronaldo Bôscoli, enquanto empunhava seu consolo de estimação (esse detalhe foi cortado da minissérie).

Carreira[editar]

Maysa sempre foi adepta do Cheiramento de Gatinhos.

Mama (só para íntimos), no inicio de sua carreira adoto o estilo rock&roll , fazendo duetos internacionais com astros famosos como Elvis Presley e Bob Dylan

Maysa também teve sua faze Rip (foi nessa fase que Maysa teve sua recaída no cigatinho) cantando com os Mamas and Papas e The Doors.

Maysa manteve contato com vários músicos da Bossa Nova, com os quais pôde expandir referências musicais. Excursionou pelo país ao lado do pianista Pedrinho Mattar, lotando puteiros como o Sambarilove, São Paulo.

quando fala a periquita o coração.

Discografia[editar]

Maysa compos vários disco entre os mais famosos estão:

  • Convite para fumar Cigatinhos
  • Convite para fumar Cigatinhos n°2
  • Convite para fumar Cigatinhos n°3
  • Maysa.M, Drogada, alcolizada, torcedora do Botafogo..
  • Nana qui nene
  • Maysa ódio, é maysa
  • A triste canção de amor legal
  • Maysa "eu fumo muito com você"
  • Barquinho a naufragar
  • Póstumas- Maysa Forever
  • Póstumas- " E Bom querer o mal"

Curiosidade[editar]

  • Maysa uma vez foi cantar no Japão, o japonês disse que a música dela era igual a música de carnaval brasileiro então quase ela avanço para cima do pobre coitado;
  • Nesse mesmo show, enquanto os trompetes desafinavam, ela instalava os dedos incansavelmente, dando um sinal para os câmeras darem um close em seus olhos. Os japoneses pensavam que era para distrair os cachorros, enquanto a equipe caçavam gatinhos para Maysa cheirar.
  • Num dos programas Show do Dia 7, da IURD TV, canal 7 de São Paulo, nos anos 1960, os artistas tinham que cumprir tarefas. A Maysa coube destrinchar um frango. Sônia Ribeiro, a apresentadora, ofereceu-lhe uma tesoura de cortar frango (trinchante). Para surpresa de todos, Maysa pegou o frango e gritou com ele até que ele se suicidasse, se automutilando.
  • Jayme Monjardin, aquele que é diretor de novelas e minisséries melódicas na Rede Globo, é o único filho da cantora. Monjardim também dirigiu a novela Pantanal, aquela novela do SBT que passou na Manchete, ou da Manchete que passou no SBT?
  • Em uma de suas puladas de cerca na Inglaterra, Maysa se envolveu com o único inglês heterossexual. Maysa, então, ficou na terra da rainha por um ano, escondendo uma gravidez. Teve sua filha e a deixou num orfanato. Sua filha teve uma filha na idade adulta: Amy Winehouse.
  • Se você disser "beber, fumar, transar" na frente do espelho, ela aparece, te estrupa e depois te mata com apenas um olhar.

10 Fatos sobre Maysa[editar]

Desculpe mas o trocadilho era invitável.
  • 1. Maysa é capaz de beber cinco vezes mais do que o Lula sem ficar bêbada
  • 2. Maysa consegue causar acidentes de carro só de virar a ignição.
  • 3. Maysa venceu o cigarro, mas perdeu pra Ponte Rio-Niterói
  • 4. No Japão, não houve nenhuma bomba atômica, mas sim a fúria de Maysa pra cima do japonês dito na sessão Curiosidades
  • 5. Chuck Norris tem medo do Olhar Exterminador de Maysa
  • 6. Nunca chame Maysa Monjardim e Maysa Matarazzo, caso você não queira perder a vida com apenas um olhar
  • 7. Maysa não era gorda, apenas tinha um peso desproporcional à sua altura, mas jamais cite isso.
  • 8. Maysa namorou Ronaldo Bôscolli enquanto ele era casado com Elis Regina
  • 9. Maysa conseguiu destruir o sobrenome Matarazzo só com um drinque.
  • 10. Os 10 fatos sobre Maysa só tem 9 porque ela quis assim. E ninguém contraria Maysa Monjardim, ninguém!

Vídeos[editar]

Maysa após ler este artigo.

Abaixo, Maysa canta seu maior sucesso: MEU MUNDO CAIU

Morte[editar]

Devido a recaída na fase hippie de sua carreira com os cigatinhos, Maysa ja não conseguia ficar sem da um tapa na pantera, Maysa nunca foi uma boa motorista, quem acompanhou a minissérie na Globo "Maysa, Quando fala o coração", deu pra perceber que ela não era uma das melhores motorista, sempre que dirigia tava no mundo da lua, de marte, outra dimensão, mais nunca tava na terra!!

Um dia ela pra variar tinha bebido todas, fumados muitos cigatinhos e tomou vários remédios, decidiu sair pra passear, quando ela tava passando pela Ponte Rio-Niterói acabou viajando de novo que por vez sofreu um terrível acidente de carro que causou diversos estragos na ponte, e claro, acabou perdendo sua vida.

Dizem que Maysa não morreu, ela reencarnou em um corpo de uma pirralha de 6 anos chamada Maísa cujo nome já foi citado lá em cima, e teve o inicio de carreira parecido com a de Maysa.

Vanudorgas.jpg Maysa dá um tapa na pantera!

Por isso ninguém entende o que ele(a) diz!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.